terça-feira, 29 de setembro de 2009

Lady In Spain

Barcelona...
...foi uma viagem deste ano que recordo com muita alegria!!
(aliás, todas as férias e viagens deste ano são altamente memoráveis e marcantes!!)
E hoje ao escutar esta música recordei os dias que lá passei, o que vi e vivi...
...e como gostei de andar por aqueles monumentos, construções e ruas...
...La Rambla.... :)
...
...hum.... :D

Lady In Spain - Ingrid Michaelson

http://www.youtube.com/watch?v=EcWlBniRvFY&NR=1

I am the lady in Spain
I'll sing a haunting refrain
I am the lady from Mars
And I can unscrew the stars

I can be
Anything I see
I can be
Anything that I, anything that I see

And I am in love with a boy
Manufacture to destroy
I shall unravel my love
I can unthread woolen gloves
I can do anything I want to
I can do anything I want anything my heart tells me to do
Tells me to do
Tells me to do
Dododo-dodododo-dododododo

I can do-ooo-ooo
Anything I want to
I can be-ee-eeee
Anything that I see
I can do-oooo-ooooooo anything I want to
I can be anything that I see
Anything that I see

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Quando se ama...


Será que quando se AMA alguém, se é capaz de mentir, esconder, omitir a verdade?...
Eu não sou capaz de o fazer...
Sinceridade acima de tudo...

Mas sei de alguém que diz amar outro alguém...
...no entanto, não é capaz de contar a verdade, colocando uma máscara à sua "cara metade" e ocultando problemas e realidades sobre si próprio...
...isso revela um potencial ou real problema: falta de confiança...

Quando se ama, a confiança é vital...
Quando se ama, a sinceridade e transparência sobre o Eu é fundamental...
Quando se ama, a cumplicidade é importante...
Quando se ama, não se pode fingir que tudo está bem...
...não se pode esconder o que já se foi e o que hoje se é...
...não se pode, pura e simplesmente, esconder atrás de uma mentira, omissão ou medo...

É, ou não é...?!...

Quando se AMA,
não se é egoísta, nem se pensa no seu proprio umbigo ou bem-estar...
Pensa-se também na pessoa que está ao lado...
Não ter coragem de assumir o erro, de saber pedir desculpa, de pedir ajuda a quem se diz amar... ou apenas de admitir a verdade e ser-se sincero...
...Pode ser uma atitude egoísta, a fim de evitar sentir o desconforto de se 'desnudar', de se ser íntegro numa simples atitude de verdadeiro amar...

quinta-feira, 24 de setembro de 2009


E eu que já li a tetralogia de Luz e Escuridão...

...e já vi umas duas vezes o Crepúsculo...

...cá estou ansiando pelo 20.11.2009 para ver em formato cinematográfico Lua Nova...

:)

Patagónia Argentina...









...
...locais destes existem...
...e eu conheço quem lá irá ver ao vivo e a cores...

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Tu és a Água Viva

Uma música lindíssima,
uma letra riquíssima
e a voz perfeita a transmitir a mensagem...

Gostaria de conseguir colocar a música aqui, mas não consigo...
Deixo a morada do You Tube onde se pode ouvir a calma, a paz e o desejo de ser Homem&Amor!

http://www.youtube.com/watch?v=uDDv12Y35Qo&feature=related

TU ÉS A ÁGUA VIVA

"Manifesta a Tua Santidade em mim
Toma-me de entre a minha dispersão
Recolhe-me de onde me perdi
Enche-me de novo o coração!

Tu és a água viva
Tu és a água pura
Inunda-me, inunda-me
E tudo se transformará em Mim.(* 2)

Minha terra se abrirá à Tua chuva
As minhas pedras não farão mal a ninguém.
Meus montes serão caminho para todos

Meu pasto abundante cura será
Para todo o que coma de mim
Eu serei a terra que emana leite e mel.

Tu és a água viva (Tu és a água viva)
Tu és a água pura (Tu és a água pura)
Inunda-me, inunda-me
E tudo se transformará em Mim.(* 2)

Dar-Me-ás umas entranhas novas
As minhas pedras não farão mal a ninguém
só acariciarão...

Infunde o Teu espirito em mim Senhor
Faz com que se apaixone por mim.
Que queira fazer morada em mim
E assim tenha sabor a Ti.

Então habitarei na terra que é minha
e eu serei o Teu povo
e Tu serás meu Deus.

Tu és a água viva (Tu és a água viva)
Tu és a água pura (Tu és a água pura)
Inunda-me, inunda-me
E tudo se transformará em Mim.(* 2)"

Porquê?!...

video

Eis uma questão que colocamos diversas vezes...

"Why?" ... Porquê?...

A mensagem da música diz tudo...

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

O Hoje...


"Acenda as velas,
use os bonitos lençóis.

Não os guarde para uma ocasião especial.
HOJE é um dia especial!"...

...porque estou cá e respiro... estou viva!!...
...porque sinto, cheiro, ouço, saboreio, creio...
...porque o Hoje, completa o Ontem e inicia o Amanhã...
...porque o Agora é este momento...
...e cada momento é que torna este dia, naquilo que é...

:)

Pequenas coisas... mas grandes na memória do coração!

video

E porque as aparentes coisas pequenas fazem parte do nosso dia-a-dia

e o tornam belo por serem assim...

Este excerto demonstra a importância de viver e saborear cada dádiva que nos é dada...

...a saber valorizar as "coisinhas", que podem até parecer ridículas na altura...

...mas que ficam eternizadas na memória, pela sua simplicidade, pela sua genuidade e cândura...

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Estrela...


Sempre gostei muito desta música...
...e com o passar do tempo, este gosto tem apurado...
...e hoje, diz-me mais do que poderia imaginar quando a ouvi pela primeira vez...

ESTRELA DO MAR- Jorge Palma

"Numa noite em que o céu tinha um brilho mais forte
e em que o sono parecia disposto a não vir
fui estender-me na praia sozinho ao relento
e ali longe do tempo acabei por dormir

Acordei com o toque suave de um beijo
e uma cara sardenta encheu-me o olhar
ainda meio a sonhar perguntei-lhe quem era
ela riu-se e disse baixinho: estrela do mar

Sou a estrela do mar
só a ele obedeço, só ele me conhece
só ele sabe quem sou, no princípio e no fim
só a ele sou fiel e é ele quem me protege
quando alguém quer à força
ser dono de mim

Não sei se era maior o desejo ou o espanto
mas sei que por instantes deixei de pensar
uma chama invisível incendiou-me o peito
qualquer coisa impossível fez-me acreditar

Em silêncio trocámos segredos e abraços
E escrevemos no espaço um novo alfabeto
já passaram mil anos sobre o nosso encontro
mas mil anos são pouco ou nada para a estrela do mar

Estrela do mar
Sou a estrela do mar
Só a ele obedeço, só ele me conhece
só ele sabe quem sou, no princípio e no fim
só a ele sou fiel e é ele quem me protege
quando alguém quer à força
ser dono de mim
"

Mudança


É tempo de mudança...
É tempo de aprender um pouco mais...
É tempo de adaptar ao novo que aí vem..

Existe uma parte de mim que teme a mudança...
(porquê que o desconhecido provoca este frémito em nós?)
Outra parte de mim está ansiosa por tal...
Sou das pessoas que consideram as mudanças, ainda que difíceis, positivas...
Se não forem para melhor, está-se sempre a tempo de voltar a mudar...
E ainda que não sejam para melhor, aprende-se qualquer coisinha...

É chegado o momento...
A carta chegou e informou...
Resultado final: lá vou...
...e está quase, quase...
...mudança...

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Quando sonho, faz-se Vida!



"Faço algumas coisas que sempre desejei fazer,
mas que tinha vergonha"

Com o tempo tenho aprendido que existem sonhos pelos quais vale a pena lutar, vale o esforço, vale a exposição, vale até o sofrimento e a frustração imediata das tentativas e dos fracassos iniciais...
Considero que seguir esses sonhos é parte integrante da caminhada que devo percorrer para ser feliz...
Claro que se deve ponderar sempre a validade e implicações destes sonhos, para compreender se realmente são sonhos que conduzem na direcção que me proporcionem ser quem realmente sou e o que desejo ser e alimentar o Eu interior...
Existe uma sensação que impede o Homem de sonhar e lutar por tornar realidade o seu desejo: o medo!!
Não gosto do medo... Ainda que seja importante, para ponderar seriamente, penso que muitas vezes está presente em demasia...
O medo impede-nos de viver... Pois quando se tem medo, muitas vezes opta-se pelo comodismo de arriscar ir até ali, de aceitar algo diferente, de estar num outro lugar... Quando se tem medo, tende-se a reagir exageradamente em determinados sentidos que fazem com que o que não queremos que aconteça, acabe por realmente acontecer...

Eu sonho muito... Tenho muitos sonhos... Ando constantemente a sonhar...
Com o tempo, vou apurando os sonhos, convergindo alguns até sentir que é chegado o momento de os tornar realidade, que é tempo de começar a agir...
E ainda que à minha volta ouça o burburinho de vozes que olham, apontam e esperam ansiosamente por me ver cair e até desejar não me ver agir (e era isto que antes me fazia ter vergonha de fazer algo), não fico acomodada, à espera que o tempo passe.... não...
Deixo-os falar e olhar...
Certo é que antes de agir, reflicto bastante... para evitar falhas... Mas, se falhar, ao menos tentei... irei pensar porque falhei, irei reflectir...
Esperarei até que me sinta preparada e voltarei a tentar...
Deixar de sonhar, deixar de seguir esses sonhos, deixar o tempo passar sem nada fazer para que a Vida aconteça... é deixar de viver...
E eu gosto de viver... Gosto de sentir a Vida acontecer...
...até porque, quando Sonho... a Vida acontece em mim!!...

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

O importante....


"Dei demasiada importância a quem apenas se queria divertir"...

...foi uma frase que li há pouco...
Quantas e quantas vezes dedicamos tempo a quem quer apenas diversão, curtição e um bom bocado... Bocado esse que pode ser um dia, um mês ou um ano... Desde que se tenha proveito para se estar bem nesse espaço de tempo, está-se com alguém... depois, quando deixa de ter tanta piada e surgem as responsabilidades de estar ligado a alguém, "dá-se de frosques" e já não se está... deixa-se e abandona-se...
Dói um bocadinho para quem fica...
Dói, porque enquanto um esteve só para se divertir e passar um bom bocado,
o outro lado entregou-se mais que isso... entregou-se para viver o bom bocado e partilhar o que de menos bom pudesse acontecer na vida de ambos....
E dói, quer seja numa relação amorosa, numa amizade ou noutro tipo de relação...
Dói, porque alguém nos cativou, alguém nos seduziu, alguém nos conquistou e nos fez interessar em querer dedicar tempo, partilhar a vida, oferecer amizade... e depois vemos que foi ilusão... que afinal não estavam a caminhar no mesmo sentido...
Hoje em dia, existem pessoas que vivem apenas para estes momentos esporádicos de alegria e prazer passageiros... Existem pessoas que não querem saber do que significa a verdadeira amizade ou o que é viver plenamente o Amor... Vivem atrás de paixões... surge o fogo da paixão, vive-se esse fogo até se extinguir e sem demora ou preocupação passa-se a outra paixão...
E há quem não saiba viver de outro modo...
Existe quem viva com medo de estar ligado a alguém... com medo das responsabilidades do que é ter cativado alguém e ser cativado por alguém...

Uma vez mais, recordo o excerto do Principezinho e a raposa...
(...)
- Quem és tu?, disse o principezinho. És bem bonita…
- Sou uma raposa, disse a raposa.
-Anda brincar comigo, propôs-lhe o principezinho. Estou tão triste…
- Não posso brincar contigo, disse a raposa. Ainda ninguém me cativou.
- Ah! Perdão, disse o principezinho.
Mas depois de ter reflectido, acrescentou:
- Que significa “cativar”?
(...)
- É uma coisa de que toda a gente se esqueceu, disse a raposa, Significa “criar laços…”
- Criar laços?
- Isso mesmo, disse a raposa. Para mim, não passas por enquanto, de um rapazinho em tudo igual a cem mil rapazinhos. E eu não preciso de ti. E tu não precisas de mim. Para ti, não passo de uma raposa igual a cem mil raposas. Mas, se me cativares, precisaremos um do outro. Serás para mim único no mundo. Serei única no mundo para ti…
(...)
Foi assim que o principezinho cativou a raposa. E quando se aproximou a hora da partida:
- Ah! disse a raposa… Vou chorar.
- A culpa é tua, disse o principezinho,não queria que te acontecesse mal; mas tu quiseste que eu te cativasse…
- É certo, disse a raposa.
- Mas vais chorar!, disse o principezinho.
- É certo, disse a raposa.
- Então não ganhas nada com isso!
-Ganho, sim, disse a raposa, por causa da cor do trigo.

Certo é que se corre o risco de sofrer por se amar alguém e ao ser-se amigo de alguém... por se deixar cativar e por cativar...
Porque existem inúmeras circunstâncias que forçam o afastamento físico...
Mas também é certo, que se a emoções e toda a nossa Vida forem desenvolvidas tendo por base a sinceridade destas relações e emoções, por mais saudade pela partida ou afastamento que haja, a felicidade de um dia as ter vivido habitará sempre... e acima de tudo, a nossa Vida ultrapassa a barreira do físico... Porque ser Humano, é muito mais que este corpo: é emoção, é pensamento, é espírito...

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

até já


Não é um hábito ouvir este grupo...
Aliás, não o ouço de um todo e não conheço o seu trabalho aprofundadamente. Conheço de uma forma geral e não é um grupo cujo o conteúdo me agarre...
Mas passeando no pc da minha irmã descobri esta música... e ao ouvi-la, decidi colocar a letra aqui... fez-me pensar nas pessoas que da minha vida já partiram... em especial alguém que não vejo, não oiço, nem toco há oito anos... alguém que do dia para a noite, só a encontro em sonhos desde então....e que recordo imensas vezes com saudades...
Saudades de ir passear, de acompanhar e dançar no seu grupo, das noites mal dormidas de tantas risadas, das "tramoias" juvenis... da amizade vivida...
Para essa pessoa, um até já... um dia voltaremos a estar juntas!!

D'ZRT - Adeus Dinoman


Será
Que todos temos um destino
e vamos aprendendo a escreve-lo melhor

Será
que o ser humano é tão pequeno
Que os dias vão correndo
e a saudade é maior.

Será
que tudo faz sentido
e a pergunta é porquê
e quem terá decidido
E eu não te quero perder
Presta atenção ao que eu te digo
E eu não te quero perder
Encara a estrada como um perigo
E eu não te quero perder
o teu sorriso é o nosso sorriso
E eu não te quero perder
Estejas onde estiveres estamos contigo.
Estamos Contigo
Estamos Contigo
Estamos Contigo
Estamos Contigo
Estamos Contigo

Tua alegria não será esquecida
Sabemos que não queres tristezas entre nós
És um exemplo pra agarrar a vida
Meu puto, acredita, estarás sempre entre nós
Tua alegria não será esquecida
Sabemos que não queres tristeza entre nós
És um exemplo pra agarrar a vida
Meu puto, acredita, estarás sempre entre nós
Até já meu irmão!
Olha por nós aí, boy!
Estamos juntos meu irmão, estamos juntos...

E eu não te quero perder
Presta atenção ao que eu te digo
E eu não te quero perder
Encara a estrada como um perigo
E eu não te quero perder
o teu sorriso é o nosso sorriso
E eu não te quero perder
Estejas onde estiveres estamos contigo. (bis)

Promete que não te vais perder
Estejas onde estiveres estamos contigo.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

és...

És o sol que me fascina
és a luz que me ilumina...
Simplesmente existes... e és...
Simplesmente estás...
...sempre...

Voltei a sorrir... os meus sonhos voltaram...
:)

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Viver o Hoje... puramente!!


"Só fechando as portas atrás de algo
se abrem janelas para o futuro"


Por vezes permanecemos tão agarrados às recordações, ao que já foi que nos esquecemos de viver o momento presente...
O que foi, já lá vai...
O tempo passa, o mundo muda, as coisas mudam, as pessoas mudam, as situações mudam...
Mas existe a memória que retem tão bem as sensações e emoções, que por vezes nos confudem por completo no Hoje... leva-se o tempo a viver no que foi... perde-se a noção do que a realidade é, pois vive-se agarrado a uma realidade que foi e deseja-se que ainda seja...
É mais uma ilusão... mais uma ilusão que trás ao seu lado potencial dor, sofrimento e tristeza...
Há que saber quando largar o passado, erguer o olhar, ver e viver o presente e caminhar rumo ao futuro!!
É necessário algum exercício e inteligência emocional para o conseguir fazer...
E é totalmente possível fazê-lo... ;)
O primeiro passo é, entender a verdade que é a nossa Vida, a verdade que orienta a nossa Vida...
Somos convidados a virar-nos para o nosso íntimo, ver o que está menos bem connosco...
Procurar a nossa pureza interior, lavar-nos....
... e só assim, se conseguirá guardar o melhor do Ontem, viver o Hoje e preparar o Amanhã...!!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

afinal.... ;)


As coisas nem sempre acontecem no momento e da forma como desejamos...
Mas uma coisa é certa...
Muitas são as vezes em que, apesar de no momento ficar triste,
com o passar do tempo, olho atrás e constato que foi muito bom o que aconteceu.. Pois o modo como aconteceu foi ainda melhor que aquilo que tinha sonhado ou imaginado para mim...
Hoje estou num desses dias de constatação...

;)

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

e porque há dias e gentes assim...


Em todos os sítios, há gente inconformada com a Vida que tem,
onde o seu passatempo preferido é olhar e comentar (desagradavelmente) a vida alheia... ainda que não saiba ou entenda as motivações das escolhas, nem o que acontece na vida de cada um...
Existe sempre alguém pronto a apontar o dedo, a julgar (incorrectamente), a intrigar e tentar induzir o pensamento de outros nesse mesmo caminho...
Ainda que humanos, somos diferentes: somos únicos!
Cada qual tem as suas prioridades, os seus gostos...
Todos temos deveres, que devem ser cumpridos...
Mas também temos direitos...
Há gente que nos impõe a sua vontade... que aparenta dar-nos opção de escolher... mas se a decisão não está de acordo com a sua vontade, sente-se o mau estar, o sarcásmo ou ironia... Sente-se a perda da alegria, da sinceridade, do gostar de estar com alguém... Sente-se a "atmosfera pesada"...
Agora digam-me... se não sou culpada de nada... porquê que existe gente que olha e cai em cima de mim?
Se tenho uma Vida que vai além de um aspecto só (porque não sou só a B.-filha, B.-irmã, B.-neta, B.-amiga, B.-catequista, B.-madrinha, B.-enfermeira, B.-musica, B.-etc, B.-etc....) Sou um conjunto que faz de mim quem sou... tenho corpo, preciso de o cuidar... tenho mente, preciso cuidar e cultivar... tenho emoções, preciso vivê-las e geri-las... tenho espírito, preciso cultivá-lo... Não vivo para ser uma só coisa, para alimentar uma só área... Sou um todo e tenho de viver como tal...

Portanto, não me venham com piadas sarcásticas, más línguas e críticas por não fazer a vontade de A, B ou C... Não me venham criticar por escolher ir hoje jantar com a família, amanhã despedir-me de algúém especial, de depois dedicar tempo a acolher outro alguém, por ter um horário de trabalho, pelas minhas mil e uma actividades... Sou assim, esta é a minha Vida... e quererem que corte a Vida só para cair nas boas graças de gente que se me vir caída no chão, ainda me atropela... não obrigada! Dispenso!!

A minha consciência está tranquila...

E pronto... há dias assim... revoltei-me e voltei a mim!