sábado, 31 de outubro de 2009


Existem dias,
existem momentos,
existem pessoas
que testemunham o melhor desta Vida
e aquilo que é mais importante...
...e isso faz-nos sentir muuuuito bem...

:)

sexta-feira, 30 de outubro de 2009


As atitudes dos amigos às vezes magoam...

...e, por vezes, nem se apercebem disso...


quarta-feira, 28 de outubro de 2009

dor de dentes


A dor de dentes é horrível...

Existem pessoas que detestam ir ao dentista...
...eu não faço parte desse grupo...

Sou daqueles que não me importo nada de lá ir... tudo para prevenir ou aliviar desconforto tão grande...


UUiiii...é que é uma dor do pior...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

descanso...


Encontro-me sentada e em silêncio interior
Em meu redor, uma pequena multidão ri e comunica...
No meio dessa mutlidão,
sinto-me apenas espectadora...
E no meio do barulho o silêncio impera...
O mundo corre, agita-se, avança
e eu permaneço parada a assistir...

Sem nada ouvir, tudo ouço...

Uma calma habita em mim...
Gosto de ali estar...
É um ambiente acolhedor e pacífico...

Eis que o tempo passou
e desperto...

Levanto-me,
cumprimento,
despeço-me
e volto ao meu cantinho...

Preciso descansar,
foi o que concluí...

quinta-feira, 22 de outubro de 2009


Hoje parei e pensei outra vez...

...e faz falta... para saber onde estou e para onde vou...

Pressão :|


Pressão...
...eis algo de que não gosto...
E ainda que seja perita a funcionar em coisas de última hora,
sendo daquelas pessoas em que a expressão
"funciono bem em pressão"
aplica-se devidamente,
há determinados aspectos em que a pressão me atormenta por completo
fazendo com que emoções menos positivas brotem do meu íntimo...
Para tudo há um tempo e em tudo há um modo de agir...
Não adianta virem pressionar em determinadas coisas...
Eu tenho de fazer aquilo que acho correcto fazer
e é-me difícil suportar as críticas do meio em volta,
para seguir aquilo que outros querem...
Isso apenas pressiona, angustía, desgasta...
e faz-me sentir culpada daquilo em que não tenho culpa...
Tolero a pressão, quando sou eu que a causo em mim e quando sou eu que a controlo...
Mas não consigo gostar da pressão social...
É verdade que há escolhas que tenho de fazer,
e que tenho de construir o meu futuro...
...mas tenho de o fazer do modo em que me sinto confortável...
...caso contrário, essas pressões apenas irão estragar,
influenciando negativamente, as minhas decisões...

Será egoísmo meu?!...
...acho que não...

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

música...


...quando oiço música o mundo à minha volta quase pára...
Parece que o meu coração acompanha cada batida...
...que o meu pensamento é preenchido por cada compasso...
...a minha face exprime a tonalidade, a harmonia...
A música flui... e eu vou com ela...

Quando chega ao fim
desperto como que se despertasse de um sonho...
O tempo passou como se um só instante tivesse passado
e não a sequência de minutos que efectivamente passaram...

Diria que naquele instante
a música me cativou de tal forma
que fomos uma unidade...

É isto que a (verdadeira) música produz em mim...

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Em memória de...


Que dizer de alguém que dedica a sua Vida lutando pela verdade?
Que dizer de alguém que perpetua a vida, mesmo após a morte?

Era um jovem...
Foi criança, como qualquer um de nós...
Foi adolescente, como qualquer um de nós...
Tornou-se adulto, como qualquer pessoa se torna adulta...
Escolheu uma profissão...
...nessa profissão jurou defender a pátria... jurou defender a comunidade...
Nesta profissão viu muito e soube de muito...
...a lutou pela justiça, defendendo sempre a verdade...

Há uns que, mesmo devendo estar do lado da justiça, entregam-se à mentira, corrupção e máfia... Há outros que, devendo estar do lado da verdade, permanecem imóveis e calados, com medo de dedicar a vida a uma causa maior e de correr riscos...
E existe aquele que, ainda sabendo dos riscos, dedica a sua Vida à justiça, defende a verdade e luta para que a comunidade se torne mais pura de coração... E por isso, por saber demais, por ter aceite ser testemunha e caminhar com a verdade na sua vida, foi silenciado...
Silenciaram-no violentamente...
Ainda esteve no hospital a lutar pela vida... mas não aguentou...

Eis que este homem consegue surpreender ainda mais com a sua dedicação a causas humanitárias... Doou os seus orgãos e salvou neste momento seis vidas...

Que dizer desta pessoa, anónima para o mundo?!...
...que viveu para os outros...
...morreu lutando por um mundo melhor...
...e salvou vidas, mesmo após toda esta luta e ter sido enganado pela maldade deste mundo?...

Que dizer de alguém tão bondoso e altruísta?!...

Honro a Vida deste jovem...
...e aqui está um post em sua memória...

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

A partida e a chegada


Despi a farda e vesti a minha roupa...
Soaram nos meus ouvidos as palavras ouvidas minutos antes
"quando saíres, fazes de conta que é um até amanhã... não penses que é o último"...
Fechei o cacifo, segui o corredor, abri a porta, fechei a porta...
Só um leve olhar, pensei eu...
Olhei para trás... vi a porta fechada, e com ela fechei um sub-capítulo da minha Vida...
Recordei todas as emoções e momentos passados... recordei quase todas as pessoas que cruzaram o meu caminho, os que caminharam paralelamente comigo...
E num misto de saudosismo emotivo e alguma tristeza por deixar para trás algo que me preencheu interiormente, que tanto me fez crescer e reflectir... que, de certa forma, tanto amor senti a entrar e sair: partilhado... chorei... não um choro triste, nem um lamento... Simplesmente um choro emotivo...
Tolinha, pensei... e sorri, para de imediato uma nova lágrima correr...

(...)

Hoje foi o primeiro dia de uma porta nova que se abriu...
...e gostei...
Afinal, o que sou e o que faço,
ainda que as necessidades dos serviços sejam diferentes,
são sempre o meu reflexo... e são sempre enfermagem...
:D

sábado, 10 de outubro de 2009

Com Amor...


...sorrio e choro...
...falo e calo-me...
...entrego-me e preservo-me...
...sou sempre quem sou, mostro o que sou e dou o que tenho...

Com Amor...
...consigo perdoar quem me magoa...
...olho de frente os medos...
...avanço neste caminho que é a Vida...
...ultrapasso (ou sobrevivo) aos obstáculos...
...continuo a avançar no caminho...

Com Amor...
...vê-se o bom que existe em nosso redor...
...sentimo-nos bem com o nosso EU...

Com Amor...
...simplesmente sou Feliz, ainda que chore...
...porque sou capaz de encontrar o lado B da Vida...

E é isto que desejo ser...
...ser Amor...
...e ser sinal desse Amor...

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Conversa animada...


Estavamos a conversar sobre generalidades...
..em tom de brincadeira perguntei-lhe:
- Então, quando é que te casas?, e sorri...

- Eu não me caso, assim não contribuo para a taxa de divórcio, disse-me ela a sorrir e depois acrescentou:
Quem anda na estrada é que tem os acidentes...

Ao que eu respondi alegremente:
- Então andas sem carta de condução...

Olhamo-nos e rimo-nos...

- Tens razão, respondeu-me, ando fora da lei...

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

DJ Chuchas... :)

Enviaram este mail, achei piada e cá está!! ;)

video

A TROCA.... deu que pensar...


Tocou-me do princípio ao fim toda a história...
Logo de início porque a vida diária de Msr Collins faz-me pensar no que é a minha... Quantas vezes penso que irei estar de folga e de repente toca o telemóvel, com uma chamada do serviço a solicitar que vá trabalhar... outras vezes, sou eu quem incomoda um colega que teria direito ao seu descanso, para vir trabalhar extraordinariamente... e quantas vezes dizemos apenas que sim, pensando somente em aliviar a carga de trabalho excessiva do colega e haver um mínimo de cuidados decentes a quem precisa... ainda que tal signifique um grande sacrifício da nossa vida pessoal... No caso de Mrs Collins, foi mesmo deixar o filho menor sozinho num sábado, quando havia algo prometido... Mas existe um sentido dentro de nós que nos faz seguir aquilo que mais nos custa, em prole daquilo que consideramos ser um bem maior para a Comunidade da qual fazemos parte...

A história desenvolve e vê-se muito mais daquilo que acontece neste mundo fora...
...quando os interesses de grupos falam mais alto do que a verdade e abusam do poder para oprimir, humilhar, corromper, magoar a vida de outros...
...que existe sempre quem tenha sensatez, bondade, solidariedade, astúcia, simplicidade e inteligência para ver a verdade e dar a mão a quem necessita...
...que o Amor é realmente uma força que quando presente causa impressões extraordinárias neste mundo fora...
...que o medo leva as pessoas a terem atitudes que nunca pensaram ter...
...
...

E ainda que toda a história seja marcante, houve uma parte em particular que me tocou...
...no Hospital Psiquiátrico...
...
A história de enfermagem tem evoluído... e dou Graças por tal...
...que embaraço ao ver a forma como as pessoas eram cuidadas... cuidadas não! Naquele tempo, naquele lugar, nesta história, as pessoas não eram cuidadas mas sim tratadas (bem ou mal, há que ver para sentir a vergonha ou incredulidade que senti por um dia alguém ser capaz de fazer as coisas que foram feitas!)*... nem sequer eram olhadas como gente que vive, pensa e sente...
*é certo que o modo de pensar da altura, a instrução de cada um conduziu a que fossem tomadas aquelas posturas e atitudes...
E o que me assusta é que em todas as épocas somos levados a fazer coisas menos boas, por ser o que a sociedade nos instruí... e nem sequer colocamos em causa por ser considerado normal... e podemos estar a magoar severamente a integridade humana de alguém, ou mesmo a integridade daquilo que nos é gratuitamente concedido: o mundo e tudo o que esta palavra engloba...

Vale mesmo a pena ver o filme...
...faz-nos pensar... a mim fez...

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

O ciclo da vida


E hoje, logo pela manhã, ao chegar ao serviço foi a música que chegou ao meu pensamento...
Esta Vida é uma viagem cujo o navegar, ainda que único e com tempos diferentes para cada pessoa, passa por fases idênticas...
"Há nascer, há crescer e há morrer
E em cada chegada uma partida
Mas importa que em cada acontecer
Haja sempre um caminho para a vida.

Há nos olhos do outro uma promessa
Cada homem é uma mão estendida
É preciso que nada nos impeça
De aí ver um caminho para a vida.

(...)

Há o olhar sereno de quem ama
Há a fé das entregas decididas
Há em tudo afinal uma só esperança
De trilhar o caminho para a vida."

E com isto, está tudo dito...

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Escutei...




"isto está mau!"...


...ouvi em tom grave, sério e pensativo...
Entre gestos que revelam confusão, num momento de lucidez, teve-se a noção de que estar vivo e vir a deixar de estar tem uma barreira bem ténue...
E é verdade... nunca sabemos o que irá acontecer no momento a seguir...
Vive-se tantas vezes com vontade de que o amanhã chegue e nem pensamos que pode-se já cá não estar...
A verdade é que está mau... há já algum tempo que ouvi palavras da mesma boca a proferirem quase o mesmo... Mas desta vez as coisas pioraram... e ter-se esta noção não é fácil de gerir...

Não tive palavras... perguntar o porquê soou-me a idiotice da minha parte. Já antes havíamos falado sobre tal e eu entendi perfeitamente o significado daquelas palavras... Apenas permaneci em silêncio ali ao lado... sentei-me durante algum tempo e escutei o esforço de se mover, da respiração... escutei as suas palavras, não muitas mas profundas...
Como somos tão frágeis... e vulneráveis...
...e como esquecemos isso tão facilmente...

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

A despedida!!...e a chegada!!


A despedida mete medo...
...medo da mudança, de deixar o que hoje nos trás alegrias, de ir para algum lugar que nos traga dissabores...

Mas, se olharmos à nossa Vida, não houve sempre esse bichinho do medo a invadir-nos por instantes?!... Houve... tal como houve a ansiedade e o nervoso miudinho...

E para onde quer que vá, haverão situações boas e menos boas, alegrias e tristezas, dias bons e menos bons...

A despedida existe, neste caso, pois um dia decidi que tal seria melhor...
...hoje olho e não sei se será melhor...
...mas o facto é que a despedida encontra-se eminente...
...
...e fica a certeza de que muito mais irei aprender!!

A despedida implica também uma chegada...
...e muito em breve sairei de um mundo e chegarei a outra realidade...
...tenho algum receio e ansiedade... mas creio que será bom! (:

aaaahhh!!!!.......


"Estás preocupada com isso?"
ou
"Estás triste por isso?"


SIM, estou...
Porque durante anos pensei conhecer alguém, pensei que esse alguém tivesse a ligação da amizade...

Mas enganei-me, é o que parece...
E isso deixa-me triste... desiludida...

"Não foi por falta de aviso! Bem te disse... Mas tu arranjavas sempre desculpa e dizias que ela era boa pessoa e tal e tal e tal"...

E ora cá está a prova...
Facadinhas nas costas a torto e a direito...

Sim, estou triste, mas passa...
Só não posso deixar de ficar triste por uns tempos, enquanto faço a digestão da situação!! Sou humana..!!

(por tempos entenda-se, um tempinho curtinho, que coisas destas não devem nem podem consumir nem o espírito, nem o físico, nem as emoções...
Pelos vistos, existem pessoas e situações mais importantes!!) ;)

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Marley & Me




Vale, definitivamente, a pena ver este filme...

...um filme que valoriza e nos mostra a importância do respeito pela diferença, da confiança, da entrega ao outro... da força do Amor e da Amizade...

...um filme que mostra a verdadeira noção de ser Família...

...que os problemas são passageiros e que vale a pena conversar e lutar pelo amor... mas que para tal o respeito e diálogo são essenciais...
Foi um filme que me fez chorar (o que não é fácil...)...
Porque me revi imensas vezes no papel de dono e das crianças na relação com o belo Marley...
Porque me revi naquele sentido de família...
Vale a pena ver...
...é a história de uma família...
...é a história de um cão que pertence a esta família, que cresce, vive, acompanha o desenvolver desta família... e que morre dignamente no seio de muito amor... o amor de uma verdadeira família!!

;)



CHÔÔÔ.... más línguas!!


Que fazer com quem tem tanto maldizer na língua...?!

É que há quem não saiba falar sobre mais nada...

É difícil suportar...

Puxa... além da má língua, encontra-se inerente a pura hipocrisia...

NÃO TÊM MAIS NADA PARA FAZER...??!!!

Têm, lá está... mas deve ser-lhes muito mais divertido falar mal, mal e mal...

Não tenho gosto nem paciência por tal...